A esposa de Martinho Lutero disse,

"Eu nunca teria compreendido o que significavam certas palavras de alguns salmos, as expressões de angústia de espírito, jamais entenderia a prática dos deveres cristãos, se Deus não me tivesse dado aflições." 

De fato, a vara de Deus é como um ponteiro do professor, que aponta a letra para que o aluno possa acompanhá-la melhor; Com ela, o Senhor nos aponta muitas lições boas, que de outra forma não aprenderíamos. Mas, Deus sempre envia, com a sua vara, o seu cajado.

Fonte: Mananciais no Deserto

0 comentários :

Postar um comentário

O seu comentário é muito bem vindo e será respondido o mais rápido possível. Porém, gostaria de solicitar que todos os comentários sejam respeitosos e sobre o tema citado na postagem. Além disso, não aceitaremos postagens anônimas. Desde já, agradeço!